Quando é necessário o uso de implante coclear?

Os aparelhos auditivos são excelentes opções para pessoas que sofrem com perdas auditivas variadas. Porém, para casos em que os danos auditivos são severos e o benefício com o aparelho auditivo é restrito, apenas o implante coclear pode ser a solução.

Alternativa para os pacientes com surdez profunda, o implante coclear possibilita uma grande mudança da qualidade de vida , aumentando sua independência, trazendo maior motivação e diminuindo o sensação de solidão e insegurança, o que impacta diretamente na melhora no relacionamento social desses pacientes.

Já fizemos um post anterior explicando o que é o implante coclear , mas basicamente, ele consiste em uma prótese que é inserida, por meio de cirurgia, dentro da parte interna do ouvido.  O aparelho capta os sons e transfere diretamente este som para o nervo auditivo, possibilitando que o paciente gradativamente comece a ouvir.

Para quem é indicado o implantes coclear?

A Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial, a Sociedade Brasileira de Otologia, a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, a Academia Brasileira de Audiologia e a Sociedade Brasileira de Pediatria criaram diretrizes “Critérios de indicação para Implante Coclear”.

De acordo com esse documento, as indicações do implante coclear são divididas por idade:

– Crianças com até seis anos de idade

Para essas crianças com até seis anos de idade que sofrem com deficiência auditiva, o implante coclear unilateral ou bilateral (a critério médico) será indicado quando for diagnosticada a perda auditiva  neurossensorial severa ou profunda bilateral. Também dentro dos critérios, a criança precisa ter usado aparelho de amplificação sonora individual (AASI) por um período mínimo de três meses, sem sucesso.

– Crianças com 7 a 12 anos de idade

Assim como citado acima, o implante coclear será indicado para crianças que sofrem com perda auditiva neurossensorial severa ou profunda bilateral.

Nestes casos, a indicação somente correrá se a criança tiver resultado igual ou menor que 50% de reconhecimento de sentenças em formato aberto com uso de AASI em ambas as orelhas.

Além disso, será necessário ter presença de código linguístico estabelecido.

 

 

– Adolescentes e adultos, com deficiência pós-lingual

Para estes casos, o implante coclear será indicado nas mesmas circunstâncias citadas acima, para crianças com 7 a 12 anos de idade, com exceção da presença do código linguístico estabelecido.

– Adolescentes e adultos, com deficiência pré-lingual

Também deve seguir as mesmas orientações citadas nos casos pós-lingual, com o adicional de ser necessária a presença de código linguístico estabelecido e adequadamente reabilitado pelo método oral.

Para todos os casos, é importante a adequação psicológica e motivação adequada do paciente e da família para o uso do implante coclear, e para o processo de reabilitação fonoaudiológica.

Antes de receberem o implante coclear, todos os pacientes passam por uma avaliação multidisciplinar que engloba consultas com médicos, fonoaudiólogos e psicólogos.

Te ajudamos a entender melhor quando é necessário o uso do implante coclear? Então não deixe de conferir os outros posts do nosso blog e ficar por dentro de tudo sobre perda auditiva.

 

         Veja também

O perigo da automedicação: medicamentos podem causar perda auditiva

O perigo da automedicação: medicamentos podem causar perda auditiva

Sempre vemos nos noticiários reportagens falando sobre os perigos da automedicação, já que os medicamentos estão entre as principais causas de intoxicação no Brasil e podem ter efeitos colaterais graves, dentre eles a perda auditiva temporária ou até mesmo permanente....

×

Olá! Como posso te ajudar?

A mensagem será iniciada pelo WhatsApp
ou envie um email para: contato@sonidoaudicao.com.br

× Agende seu teste