Por que os fones de ouvido são vilões da saúde auditiva?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já afirmou que mais de um bilhão de jovens estão propensos a desenvolver problemas auditivos, principalmente devido à exposição prolongada a sons em alto volume, muitas vezes gerados pelos fones de ouvido.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Otologia (SOB) corrobora a afirmação feita pela OMS e mostrou, por meio de dados, que 35% dos casos de surdez são consequências da exposição a ruídos diários, como os dos fones de ouvido. Além da exposição a sons elevados em casas de shows, boates, bares e festas.

Como ocorre a perda auditiva?

A parte interna dos ouvidos, chamada de cóclea, é composta por células ciliadas. A função dessas células é transformar as ondas sonoras recebidas em ondas elétricas e carregar essas informações para o cérebro.

Quando o barulho é muito alto, essas células são lesionadas e destruídas, porém estas células não se regeneram mais, o que causa a perda auditiva.

Como usar fones de ouvido de forma segura?

Os especialistas afirmam que a forma mais segura de usar os fones de ouvido é nunca ultrapassar a intensidade média do aparelho. Por exemplo, se o volume vai de 0 a 10, o ideal é mantê-lo no 5.

Há também quem recomende a regra dos 60/60: ao escutar música com fones de ouvido, a recomendação é que o volume seja mantido em 60% do máximo, por apenas 60 minutos ao dia.

O efeito do uso inadequado de fones de ouvido é cumulativo, ou seja, só aparecerão no longo prazo. A partir da exposição a sons com intensidade de 80 decibéis por um período maior do que 30 minutos todos os dias, as células são lesionadas.

Pensando nos impactos dos fones na saúde auditiva, a OMS lançou um documento, em parceria com a União Internacional de Telecomunicações (UIT), que traz, dentre as recomendações, que as fábricas de smartphones e outros dispositivos implementem softwares que alertem o usuário sobre o nível de som e a duração do áudio.

Como posso detectar se os fones de ouvido estão atrapalhando minha audição?

É importante ressaltar que seguir as recomendações seguras de uso de fones de ouvidos é primordial para garantir a saúde auditiva.

Além disso, outra recomendação para quem usa muito os fones de ouvido é realizar exames periódicos de audiometria. O exame informará se há perda de audição e o médico otorrinolaringologista avaliará as formas de tratamento.

Atualmente, existem diversas soluções para praticamente todos os tipos e graus de perda auditiva, mas o ideal é que os problemas auditivos sejam tratados o mais precocemente possível.

Viu como é importante ficar atento ao uso correto dos fones de ouvido para que eles não prejudiquem sua audição? Aproveite para compartilhar esse post nas suas redes sociais e ajude a alertar seus amigos e familiares.

 

         Veja também

O perigo da automedicação: medicamentos podem causar perda auditiva

O perigo da automedicação: medicamentos podem causar perda auditiva

Sempre vemos nos noticiários reportagens falando sobre os perigos da automedicação, já que os medicamentos estão entre as principais causas de intoxicação no Brasil e podem ter efeitos colaterais graves, dentre eles a perda auditiva temporária ou até mesmo permanente....

×

Olá! Como posso te ajudar?

A mensagem será iniciada pelo WhatsApp
ou envie um email para: contato@sonidoaudicao.com.br

× Agende seu teste