Como usar máscaras e aparelhos auditivos sem perder a qualidade na comunicação?

As máscaras se tornaram itens essenciais e até mesmo obrigatórios em muitos locais do Brasil para ajudar no combate ao coronavírus. Mas quem sofre com perda da audição e usa aparelhos auditivos sabe que o uso das máscaras não é algo tão simples.

Essa dificuldade ocorre porque os elásticos das máscaras podem puxar os aparelhos auditivos, dependendo do modelo, e causar outros problemas. A situação se complica ainda mais caso a pessoa também precise de óculos.

Máscara e aparelhos auditivos

Se você é usuário daqueles aparelhos auditivos que vão atrás da orelha, provavelmente será mais complicado usar as clássicas máscaras com os elásticos que são presos também atrás das orelhas.

É preciso cuidado porque os elásticos podem puxar o tubo que conecta o aparelho auditivo ao alto-falante que fica no seu ouvido (conhecido como domo). Ou então você também pode, sem querer, retirar seus aparelhos auditivos e soltá-los ao remover sua máscara.

Algumas possíveis soluções são:

  • Usar uma máscara com laços de tecido macio ao invés do elástico. Isso ajudará a aliviar a pressão nas orelhas, o que pode também auxiliar para que ocorra menor interferência nos aparelhos auditivos.
  • Usar um extensor de máscara especial com botões ou outros suportes para prender os laços da máscara na parte de trás da cabeça, ao invés das orelhas. Essa, inclusive, é uma solução encontrada por muitos médicos e outros profissionais da saúde que agora precisam usar máscaras apertadas o dia todo.
  • Usar ferramentas como ganchos de plástico para prender a máscara.
  • Entrar em contato com seu fonoaudiólogo para que ele possa te ajudar a encontrar a solução que mais se adapte a você e seu dispositivo auditivo.

Máscara e comunicação

O uso de máscaras pode ser algo ainda mais desafiador para as pessoas que estão no processo de adaptação aos aparelhos auditivos. Isso porque, com a máscara, é impossível usar a leitura labial como apoio para entender o que a outra pessoa está dizendo, sem contar que a voz pode ser diminuída e distorcida.

Tudo isso combinado a ambientes mais barulhentos faz com que a fala seja praticamente ininteligível para o usuário de aparelhos auditivos.

Portanto, as pessoas da família precisam se atentar a falar devagar e de forma clara quando estiverem usando a máscara e precisarem se comunicar com quem sofre com perda auditiva.

Caso seja você quem sofre com a perda da audição, ao conversar com estranhos informe que você não pode ouvir bem e que por isso precisa que eles falem mais claramente.

Apesar de ser mais complicado, não é impossível usar máscaras e aparelhos auditivos ao mesmo tempo, não é mesmo? O mais importante é seguir as recomendações das autoridades de saúde para prevenção contra o coronavírus.

Gostou do nosso post? Então aproveite para compartilhá-lo nas suas redes sociais e ajudar mais pessoas a saberem como é possível usar máscaras e aparelhos auditivos ao mesmo tempo.

 

 

         Veja também

O perigo da automedicação: medicamentos podem causar perda auditiva

O perigo da automedicação: medicamentos podem causar perda auditiva

Sempre vemos nos noticiários reportagens falando sobre os perigos da automedicação, já que os medicamentos estão entre as principais causas de intoxicação no Brasil e podem ter efeitos colaterais graves, dentre eles a perda auditiva temporária ou até mesmo permanente....

×

Olá! Como posso te ajudar?

A mensagem será iniciada pelo WhatsApp
ou envie um email para: contato@sonidoaudicao.com.br

× Agende seu teste